Runas

Leitura

Leitura das Runas

Para a Leitura das Runas, que compreendem as 24 pedras contendo o alfabeto mais a Runa Branca, totalizando 25 pedras (você pode conhecer todas elas em “Runas”), você pode colocar em um saquinho e seguir os passos a seguir.

Em primeiro lugar deve-se pensar no que se quer saber. Nunca fazer uma pergunta, mas apenas pensar na situação. Por exemplo se quiser saber sobre seu relacionamento, apenas pense nele, na pessoa, nunca pergunte.. “como está meu relacionamento?”.

Retire a(s) pedra(s) que o oráculo reservou, leia o significado e faça uma interpretação para a situação desejada.

Ao retirar as pedras existem 9 que independente do lado que retirar a interpretação é a mesma, para as outras 16 existem interpretações difrerentes para o símbolo em pé ou invertido. As Runas invertidas indicam alerta e atenção para a situção em questão. Por isso é importante retirar uma pedra do saquinho e visualizar da forma que saiu, sem mudanças.

Formas de Leitura

As formas de leitura ocorrem sempre retirando uma ou mais pedras do saquinho e colocando em cima de uma mesa sempre do lado do símbolo para baixo. Ir virando conforme a interpretação, mas sempre na horizontal para não comprometer as Runas que podem estar invertidas.

Se quiser acender um incenso ou colocar uma música calma, pode ajudar na concentração.

 

Runa de Odin

Leitura simples onde se retira apenas uma única pedra e faz a sua interpretação da situação.

Este é o tipo de leitura que está em nossa ‘Leitura Virtual’.

Três Runas

Retire três pedras, pensando em sua situação, e coloque em cima da mesa da direita para a esquerda.

A primeira Runa (direita) representa a situação atual;
A segunda Runa (meio) representa a ação necessária;
A terceira Runa (esquerda) mostrará a nova situação.

 

A Cruz Rúnica

Esta forma de leitura apresenta uma interpretação mais completa da situação.

Deve-se retirar 6 pedras do saquinho, pensando na situação, e colocando sobre a mesa em forma de Cruz Rúnica ou Celtica na ordem abaixo:

A primeira representa o passado, de onde você está vindo;
A segunda, você agora, no presente;
A terceira é a Runa do Futuro, para onde você irá;
A quarta representa as forças obscuras, elementos inconscientes envolvidos;
A quinta é o desafio com a natureza dos obstáculos à sua frente;
A sexta Runa mostra a nova situação, o que irá acontecer quando você enfrentrar seu desafio com êxito.

Caso ainda esteja em dúvida, pode retirar mais uma sétima Runa, que representa a resolução e essência da situação.

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora vamos à prática com a fé e força em Odin!!!

Leitura

Leitura

o que são…

o que são…

História e Lendas

História e Lendas

{"slide_show":"2","slide_scroll":1,"dots":"true","arrows":"true","autoplay":"true","autoplay_interval":2000,"speed":300,"loop":"true","design":"design-1"}

o que são…

Runas são símbolos que compõe um alfabeto muito antigo e utilizado pelos Vikings.

Existe todo um misticismo por trás destas pequenas pedras contendo cada uma um símbolo ou letra diferente. Toda informação que temos foi o que se conseguiu resgatar daquela época, já que a ‘santa inquisição’ tentou de todas as formas apagar sua existência como tudo o que estava ligada a misticismo e sobrenatural. Porém após esta fase de trevas, alguns pesquisadores conseguiram encontrar informações e histórias sobre o Alfabeto Rúnico.

Inicialmente existiam Xamãs das tribos Vikings que as utilizavam principalmente para curas de doenças e também resoluções de questões comerciais e do cotidiano do povo da época. Veja mais sobre as questões históricas das Runas e suas lendas em ‘História e Lendas’.

Com o passar do tempo as Runas acabaram virando uma espécie de oráculo para consultas sobre questões de vida e evoluindo também para o autoconhecimento e ajuda para o crescimento do ser humano. As consultas têm uma interpretação própria para cada um seguir passos para seu caminhar. Não estão relacionadas somente à questões corriqueiras e materiais, porque na verdade, estas podem levar às questões mais profundas de cada um.

Elas apresentam uma energia que leva cada um à um novo horizonte, novo caminhar, que poderá trazer Sabedoria, Evolução e contato com o Divino.

Você mesmo pode criar suas Runas colhendo pedras diretamente relacionadas à natureza ou montando com outros materiais, pois na realidade o que vai importar realmente é a energia de quem a utiliza com respeito e amor, e também a quem vai consultar com o mesmo respeito, amor e entendimento. Sempre colocamos a energia que emanamos em nossos objetos.

Em seguida deve marcar cada uma das 24 letras do Alfabeto Rúnico em cada pedra ou objeto que foi escolhido. Temos aqui a interpretação e simbologia de cada uma delas e você poderá conferir em “Runas”.

Depois que montar seu Alfabeto particular, poderá com muita concentração aprender a fazer as diversas formas de leitura consultando em ‘Leitura das Runas’, ou se preferir poderá acessar nossa ‘Leitura Virtual’.

Que Odin possa lhe proporcionar um bom aprendizado e autoconhecimento…

Leitura

Leitura

o que são…

o que são…

História e Lendas

História e Lendas

{"slide_show":"2","slide_scroll":1,"dots":"true","arrows":"true","autoplay":"true","autoplay_interval":2000,"speed":300,"loop":"true","design":"design-1"}

História e Lendas

Os Vikings eram um povo temido por toda a Europa, pois colonizou e saqueou várias regiões entre os séculos 9 e 11. Eram originários da Escandinávia e tinham grandes guerreiros e navegadores. Construiam seus próprios navios, eram fortes e audaciosos conquistadores.

Era um povo cheio de misticismos onde tinham como principal ferramenta o martelo, que além de utilizado em lutas e trabalhos, acreditavam que trazia proteção ao seu proprietário. Sua crença dizia que após a morte iriam para o Valhala, uma espécie de paraíso Viking. Cultuavam diversos deuses, mas também tinham muita fé em sua força e coragem para as conquistas em batalhas.

Panteão dos deuses Viking

Odin era o grande deus que reinava no Valhala e acolhia aqueles que lutavam heroicamente.

Baldur, filho de Odin e Frigg era o deus sol do verão e da beleza masculina.

Frigg, representa a mãe e a fertilidade da terra.

As Valquírias, mensageiras de Odin.

Tyr, senhor do reino dos céus e senhor das guerras.

Thor, deus do trovão, tempestados e raios e tem um martelo como amuleto protetor.

Freya, deusa da fertilidade e sexualidade, protetora do amor e das feitiçarias.

O que se entende é que o Alfabeto Rúnico está associado sempre à rituais e influenciando poderes superiores. A tribo Viking tinha um Xamã que utilizava as Runas em seus rituais de cura e fazia consultas para assuntos comerciais e pessoais.

Com o advento da ‘Idade Média’ e a ‘Santa Inquisição’, tudo o que era diferente da crença Cristã Romana era considerada imprópria, pecaminosa e relacionada a forças inferiores e negativas. O Alfabeto Rúnico também se perdeu neste período e seus escritos foram posteriormente encontrados em rochas e documentos em escavações e antigos alfabetos germânicos utilizados na Escandinávia.

O povo Viking trás até os dias atuais misticismo, heroismo e força para superar os desafios. Vale a pena conferir mais informações em ‘Runas, o que são..’, conhecer cada um dos símbolo em ‘Runas’ e entender como utilizá-las em seu crescimento espiritual através de ‘Leituras das Runas’ e quem sabe fazer uma consulta ao oráculo em ‘Leitura Virtual’.

Que Odin possa acompanhar seus passos!

Leitura

Leitura

o que são…

o que são…

História e Lendas

História e Lendas

{"slide_show":"2","slide_scroll":1,"dots":"true","arrows":"true","autoplay":"true","autoplay_interval":2000,"speed":300,"loop":"true","design":"design-1"}